Notícias

Reconhecidos profissionais da cena artística internacional participam na ARCOlisboa

ARCOlisboa 2019 Fórum

As palestras serão em torno do colecionismo e da atualidade criativa

Falar de arte e colecionismo será um dos principais eixos discursivos desta edição da ARCOlisboa numa série de apresentações, de acesso livre, em que marcarão encontro destacados profissionais. A participação de galerias e artistas na Feira atrai à capital portuguesa diretores de museus e instituições, comissários, colecionadores e outros prescritores internacionais do mundo da arte de mais de 20 países. A ARCOlisboa volta a estabelecer-se como espaço de intercâmbio de ideias e projetos com o desenvolvimento de um interessante programa de conferências e palestras.

08 mai 2019

O Torreão Nascente da Cordoaria acolherá o Millennium Art Talks, concebido em colaboração com a Fundação Millennium bcp, que compreende um Fórum de Colecionismo que permitirá que se conheçam melhor os motivos e as formas como importantes colecionadores executam o seu trabalho apaixonante. Estas sessões contarão com a participação de colecionadores como Francesca von Habsburg, José Lima ou António Cachola e ainda Carlos Urroz, Chus Martínez, Pedro Gadanho, Markus Reymann, Miguel von Hafe Pérez e João Laia.

De igual modo, realizar-se-á uma série de conferências em torno da África em Foco, coordenadas por Paula Nascimento, que serão centradas na arte contemporânea de África, com a participação de figuras como Raphael Chickwkwa, Azu Ngagbogu, Jeanne Mercier e Marie Helene Pereira.

Nesta ocasião, o Pátio Nascente será cenário das sessões "Em que estou a trabalhar?", coordenadas por Filipa Oliveira, que reunirão profissionais para partilharem os seus projetos atuais e futuros como Bruno Leitão, Triologia do Carnaval, Jesper Just, Manon de Boer, Pauline Foessel, Irene Campolmi, Nadine Seigert e Musa Paradisíaca, entre outros.

O Pátio Nascente acolherá igualmente as sessões de ArtsLibris, dirigidas por Horacio Fernández e centradas no estado atual das publicações de arte, nas quais participarão Antonio Julio Duarte, Susana Lourenço Marques, Mariano Piçarra, Jose Luis Neves e Filipa Valladares.

Para completar o programa, o Ministério da Cultura será responsável pela organização de outra conferência destinada a estudantes, enquanto que a Fundação EDP apresentará o livro de Pedro Cabrita Reis. A nova edição do Prémio Navigator Art on Paper será apresentada na ARCOlisboa.

Também no âmbito da feira, mas em sessões fechadas ao público, realizar-se-á o Encontro Opening, dirigido por João Laia, que reunirá profissionais como Pierre Bal-Blanc, Virginija Januškevičiūtė, Agniya Mirgorodskaya, Taaniel Raudsepp, Ane Rodríguez, Beatrix Ruf e Joanna Zielinska.

O Encontro de Museus, que se realiza também no âmbito da ARCOlisboa e é dirigido por Pedro Gadanho e Nicolas Bourriaud, terá a assistência, entre outros, de Quentin Bajac, Rosa Ferré, Sandra Patron,Katarina Pierre, Manuel Segade e Wato Tsereteli.

A ARCOlisboa conta com a presença confirmada de colecionadores, patronos e membros de museus como o MAXXI -Museo Nazionale Delle Arti del XXI Secolo, Roma; MAMCO, Musée d'Art Moderne et Contemporain, Genebra; Contemporary Art Society, Londres; Independent Collectors, Londres; Centre d'Art Centre d'Art Contemporain Genève; Pinacoteca de São Paulo; PIA, Partners in the Arts, Toronto; The Art Connector, Amesterdão; Cercle d'Art Contemporain MAM, São Paulo; Mécènes du sud, Marselha.