Notícias

Fóruns ARCOlisboa 2018

Profissionais de renome do panorama artístico internacional participam na ARCOlisboa

As conversas, gratuitas e abertas ao público, terão o seu foco principal no colecionismo e nas atualidades criativas

09 mai 2018

Falar sobre arte e colecionismo será um dos principais eixos discursivos desta edição da ARCOlisboa, materializado numa série de apresentações, de acesso livre e gratuito, que contam com a participação de profissionais de renome. A participação de galerias e artistas na Feira trará à capital Portuguesa diretores de museus e instituições, curadores, colecionadores e outros agentes do mundo da arte internacional provenientes de mais de 20 países. Desta forma, a ARCOlisboa volta a estabelecer-se como espaço de intercâmbio de ideias e projetos através da produção de um interessante programa de conversas e conferências.

O Torreão Nascente da Cordoaria Nacional acolherá, com a direção da crítica Isabel Carlos e com o apoio da Fundação Millenium bcp, o Fórum de Colecionismo que permitirá conhecer melhor os motivos e as formas através das quais importantes colecionadores conduzem o seu apaixonante trabalho. Estas sessões contarão com a participação de colecionadores como Jean-Conrad & Isabelle Lemaître, Harald Orneberg, Inge de Bruin, Paulo Pimenta, Luiz Augusto Teixeira de Freitas e Armando Cabral.

Por outro lado, o Fórum Museus analisará as semelhanças e diferenças entre as programações de museus portugueses e estrangeiros. As conversas serão participadas por Rita Lougares -Museu Coleção Berardo-, Adina Kamien- Kazhdan -The Israel Museum-, Jorge Catarino -Museu Coleção Berardo-, Victor Pires Vieira –artista-, João Ribas -Museu de Arte Contemporânea de Serralves-, Kate Fowle -Garage Museum of Contemporary Art & Independent Curators International-, Luis Silva e João Moura –Kunsthalle Lissabon-, Fernanda Brenner -Pivô Arte e Pequisa-, Alex Klein -ICA University of Pennsylvania-, e Samuel Leuenberger –SALTS-.

Adicionalmente, coordenadas por Filipa Oliveira, teremos as sessões ‘Em que estou a trabalhar’, que reunirão profissionais portugueses na partilha dos seus projetos atuais e futuros. Este programa contará com a participação de nomes como Carlos Antunes -Bienal de Coimbra-, John Romão -BoCa - Bienal of Contemporary Arts-, José Bártolo -Bienal de Design do Porto-, Aires de Gameiro, Hugo Gomes, Nuno Ferreira e Pedro Cabrita e Paiva. Las Palmas-, Alice Dusapin e Martin Laborde -Ampersand-, Natxo Checa -Galeria Zé dos Bois-, Filippo De Tomasi, Kasia Sobczak-Wróblewska e Orsola Vannocci Bonsi -Da Luz Collective-, Alexandra do Cadaval, Philippe Boutte, Esther Mahlangu -Évora África-, e Benedita Pestana -O Armário-.

A estreita colaboração entre a ARCOlisboa e a Fundação EDP volta a dar frutos com a realização do II Encontro de Museus da Europa e da Ibero-América, dirigido por Pedro Gadanho, diretor do MAAT, e Ferran Barenblit, diretor do MACBA, Museo de Arte Contemporáneo de Barcelona. Uma sessão fechada ao público que reunirá mais de 20 diretores e curadores de instituições de prestígio de ambos os lados do Atlântico; nomes como Enrique Aguerre -Museo Nacional, Montevideu, Caroline Dumalin –WIELS, Bruxelas-, Andrés Duprat -Museo Nacional de Bellas Artes, Buenos Aires-, Isabella Lenzi –Camões, São Paulo-, João Ribas -Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto-, Virginia Roy -MUAC Museo Universitario Arte Contemporáneo, Cidade do México-, Nicolaus Schafhausen -Kunsthalle Wien, Viena-, Claudia Segura -NC-arte, Bogotá-, Roberta Tenconi -Hangar Bicocca, Milão-e  Benjamín Weil -Centro Botín, Santander-.

ARCOlisboa confirmou a presença de colecionadores, mecenas e membros de museus como o Musée d'art Moderne et Contemporain Genève; MALBA -Buenos Aires-; Museo Guggenheim –Bilbao-; Palais de Tokyo –Paris-; Parasol Unit –Londres-; Pérez Art Museum –Miami-; San Diego Museum of Art; Jeu de Paumme –Paris-.